.SIM

-Reacção de José Sócrates(SIC)

-Reacção de Jerónimo de Sousa(SIC)

-Reacção de Francisco Louçã(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo SIM(SIC)

-Especial SIC
Últimas notícias
O Referendo nos Blogs

.posts recentes

. (sem assunto)

. ...

. Bom dia..

. ...

. apoio monetário

. ...

. despenalização do aborto

. Promulgação do Presidente...

. Vigarice

. concordo

.arquivos

. Novembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. aborto

. abstencao

. casal

. celulas

. choro

. condições

. coragem

. crianças

. crime

. debates; sic; aborto

. democracia

. deputados

. desabafo

. despenalizacao

. despenalização

. despenalizado

. despenalizar

. direito

. duvida

. escravatura

. espanha

. estado

. familia

. feto

. governo

. hipocrisia

. igreja

. infértil

. ivg

. jose policarpo

. justica

. legislacao

. menino

. moralista

. morte

. mulheres

. opiniões

. parlamento

. pena morte

. politicos

. portugueses

. ps

. referendo

. vergonha

. vida

. todas as tags

.subscrever feeds

Participe
Envie a sua mensagem para aqui.


Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

abortos politicos

É pena que no meio de um assunto melindroso em que se debate o direito á
despenalização ou não do aborto, tenha havido um oportunismo politico de
meter nojo, em que não se defendeu o direito á opinião individual, mas como
que por obrigação uma boa quantidade de eleitores votaram, não com os seus
princípios éticos, mas com os “princípios” partidários de políticos, que
mais parecem abutres esperando tirar proveito da desgraça alheia . só é pena
é que todos nós tenhamos que pagar essas mesmas campanhas. É triste mas !!!
é o pais em que vivemos.

Ass. António Marques
publicado por comunidade às 21:29

link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2007 às 21:36
Caro António Marques,
Concordo absolutamente consigo e assino por baixo das suas declarações.
Nuno Almeida
De cgomes a 11 de Fevereiro de 2007 às 21:53
Estou em sintonia com o seu comentário.
Acrescento que esses abutres que espreitam têm opiniões flutuantes. Se perdessem o referendo não seria vinculativo por um sem número de razões que agora têm que engolir.
Lamentávelmente este é o país que sobrou depois do "fartar vilanagem".
Carlos Gomes
De Drakul a 11 de Fevereiro de 2007 às 23:27
era so pra dizer que estas pessoas que votaram sim no referendo tambem deviam pedir ao governo pra soltar todos os reclusos que estao condenados por assassinato,pois se uma mulher pode matar uma criança indefesa,os assassinos tambem podem matar.
Com 10 semanas já se ve os braços ,as pernas,os olhos e ja se pode sentir o coraçaonzinho a bater,é ou nao é um assassinato,vamos ver tambem se o governo vai mudar a constituiçao,pois lá diz que a vida é um direito...Depois com o apertar dos cintos ao povo Portugues quero ver onde se vai buscar o dinheiro pros abortos,já pra nao dizer as listas de espera nos hospitais,como é?
Nao ha tempo pra operar pessoas que tanto precisam e no entanto pra fazer um aborto sao os primeiros...Aqui se ve a republica das bananas onde vivemos,tenham vergonha senhor primeiro ministro,voçe é que devia ser abortado do governo,eu ,bem eu tenho vergonha de ser Portugues e agora ainda mais...
De Ricardo a 12 de Fevereiro de 2007 às 00:25
Subscrevo as palavras de António Marques, mais uma vez os parasitas da política, que deixaram chegar o país á situação económica em que estamos, conseguiram tirar dividendos partid á rios através de um Referendo que trata uma questão complexa, mais uma vez conseguiram manipular o eleitor, através de uma campanha que custou aos contribuintes, aproximadamente, 5 milhões de euros...Noutra perspectiva, O Sistema Nacional de Saúde já não tem capacidade de resposta, diminuem as comparticipações nos medicamentos, encerram-se maternidades, encerram-se Escolas, as medidas de prevenção prim á ria não saiem dos gabinetes, mas h á dinheiro para suportar processos de aborto!! SEJAM COERENTES, ESTABELEÇAM PRIORIDADES! TRABALHEM COM POLÍTICAS DE LONGO PRAZO, PARA DESENVOLVER O PAÍS, E NÃO COM O OBJECTIVO DE MANTEREM OS TACHOS!! Independentemente dos valores e princípios de cada um, desenganem-se as pessoas que acreditam, que a lei ao ser alterada vai melhorar alguma coisa...até ás dez semanas é legal? Dez semanas é o tempo de espera, muita vezes, de um utente para conseguir uma consulta! A não ser que canalizem os recursos humanos existentes, para as unidades de aborto, e ignorem e recusem o tratamento dos outros utentes, como já se verifica! Ou então, recorram á prestação de serviços de clínicas privadas, "estamos a nadar em dinheiro"! Realmente, os nossos políticos, estão tudo menos preocupados com a nossa qualidade de vida!

Comentar post

.NÃO

-Reacção de Marques Mendes(SIC)

-Reacção de Ribeiro e Castro(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo Não(SIC)

.links