.SIM

-Reacção de José Sócrates(SIC)

-Reacção de Jerónimo de Sousa(SIC)

-Reacção de Francisco Louçã(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo SIM(SIC)

-Especial SIC
Últimas notícias
O Referendo nos Blogs

.posts recentes

. (sem assunto)

. ...

. Bom dia..

. ...

. apoio monetário

. ...

. despenalização do aborto

. Promulgação do Presidente...

. Vigarice

. concordo

.arquivos

. Novembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. aborto

. abstencao

. casal

. celulas

. choro

. condições

. coragem

. crianças

. crime

. debates; sic; aborto

. democracia

. deputados

. desabafo

. despenalizacao

. despenalização

. despenalizado

. despenalizar

. direito

. duvida

. escravatura

. espanha

. estado

. familia

. feto

. governo

. hipocrisia

. igreja

. infértil

. ivg

. jose policarpo

. justica

. legislacao

. menino

. moralista

. morte

. mulheres

. opiniões

. parlamento

. pena morte

. politicos

. portugueses

. ps

. referendo

. vergonha

. vida

. todas as tags

.subscrever feeds

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007

Fw: O porquê do meu sim

spacer.gif


----- Original Message -----
From: Ana
To: comunidade.despenalizar+9999@post.blogs.sapo.pt
Sent: Tuesday, January 30, 2007 10:10 AM
Subject: O porquê do meu sim


Tenho 35 anos e sou mãe de duas meninas lindas, uma de 15 anos e outra de 5 anos.
Cada uma delas foi fruto de um acto de amor.
A minha Marta veio quando nós pais eramos jovens inconsequentes, não tomavamos qualquer precaução, a não ser a contagem de calendário.
Quando engravidei, o mundo desabou, era a menina de família que frequentava a universidade e tinha um futuro brilhante pela frente.
Como é evidente a solução de abortar passou na cabeça de todos: o namorado queria que eu tomasse uns comprimidos, não faziam mal nenhum; os pais dele pura e simplesmente não quiseram saber; os meus pais e irmã perguntaram-me o que eu queria, fazer ou não um aborto. Aqui, o meu não foi imediato e seguro. NÃO! NÃO! e NÃO!.
Caso tivesse dito sim, teria-o feito nas melhores condições e com o melhor acompanhamento médico e psicológico possível. Mas esta possibilidade não é dada a todas as mulheres que engravidam sem o esperarem.
Não vou debater a questão dos meus impostos, de toda a logística necessária, da lei existente que não é aplicada, etc.
Para mim há vida humana apartir do momento que eu sei que estou grávida, do mesmo modo que nunca abortaria em caso de risco de vida para mim ou deficiência do bébé. Mas são opções pessoais que eu conscientemente tomo e sempre irei tomar.
O que importa é que há mulheres que por vida profissional, de falta de condições económicas, sociais (nunca soube o que é não ter para alimentar as minhas filhas, mas deve ser uma angústia, uma dor profunda), de desamor pela vida, de pressões familiares, e mais razões, não querem prosseguir com a gravidez. A elas não se deve negar o direito de terem a opção para abortar de um modo que menorize todas as consequências traumáticas psicológicas e físicas. É minoritário o número de mulheres que segundo se diz o faz por desporto, para elas haveria um controlo e teria de ser encontrada uma solução.
O que eu não posso fazer é juízos de valor, nem que esteja em vigor uma lei que condene e atire para o "poço" estas mulheres.
Por tudo isto e muito mais que poderia escrever vou votar sim " à despenalização da IVG, se realizada, por opção da mulher (uma decisão informada), nas primeiras dez semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado (para não imperar o princípio financeiro)"
Só para terminar, o namorado tornou-se marido e posso afirmar que é um pai extremoso e carinhoso como nunca conheci. Nunca um só dia da minha vida eu me arrependi decisão que tomei.
A todos obrigada,
Ana Lourenço
publicado por comunidade às 15:45

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.NÃO

-Reacção de Marques Mendes(SIC)

-Reacção de Ribeiro e Castro(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo Não(SIC)

.links