.SIM

-Reacção de José Sócrates(SIC)

-Reacção de Jerónimo de Sousa(SIC)

-Reacção de Francisco Louçã(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo SIM(SIC)

-Especial SIC
Últimas notícias
O Referendo nos Blogs

.posts recentes

. (sem assunto)

. ...

. Bom dia..

. ...

. apoio monetário

. ...

. despenalização do aborto

. Promulgação do Presidente...

. Vigarice

. concordo

.arquivos

. Novembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. aborto

. abstencao

. casal

. celulas

. choro

. condições

. coragem

. crianças

. crime

. debates; sic; aborto

. democracia

. deputados

. desabafo

. despenalizacao

. despenalização

. despenalizado

. despenalizar

. direito

. duvida

. escravatura

. espanha

. estado

. familia

. feto

. governo

. hipocrisia

. igreja

. infértil

. ivg

. jose policarpo

. justica

. legislacao

. menino

. moralista

. morte

. mulheres

. opiniões

. parlamento

. pena morte

. politicos

. portugueses

. ps

. referendo

. vergonha

. vida

. todas as tags

.subscrever feeds

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

Varias questoes

Ola a todos



Gostaria de perguntar aos sr's do Não, se ao recusarem esta lei o aborto acaba, tal como afirmam.



1º A Mulher não pode usar o Aborto como método contraceptivo, o seu corpo não aguenta.



2º O Aborto existe e vai sempre existir, desde que a mulher ou homem ou ambos o queiram fazer, se a lei não passa,

vão existir sempre parteiras e médicos a fazê-lo, mas em condições precárias.



3º Já tenho visto pessoas que são pelo não a desviarem-se das crianças que pedem dinheiro na rua, expliquem-me Sff,

pq se amam tanto a vida, pq a repugnam qdo esta já está fora da barriga da mãe.

Não sei se Sabem mas as crianças não é só tê-las.

Algumas pessoas já têm escrito, que depois tudo se cria...Pois as vezes vemos os resultados.... Não é bem assim...



Ontem vi na Tv, uma mãe ao ver a sua casa em chamas, atirou o seu filho de 4 andares para os braços de algumas pessoas... ela preferia que o filho morresse rápido... do que sofresse com as chamas ... Digam-me senão tiverem comida para os vossos filhos ... ainda conseguem dizer... Tudo se Cria?????



4º Não Misturem a Religião c/ este tema, pensem pelas próprias cabeças, apesar de que muitos não conseguem, Votem SIM ou NÃO, mas com as vossas cabeças











Obg



<http://www.youtube.com/watch?v=vk6poc-hmoq>
publicado por comunidade às 15:31

link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De LUZ PARA QUEM QUISER a 31 de Janeiro de 2007 às 17:50
Os "sim" aludem que é preciso abortar para não abandonarem bebés para o caixote de lixo... ou para não fazerem abortos em vãos de escada... Quando estão com vontade de os fazer não se importam das más condições do vão de escada onde brincam aos papás e ás mamãs...
São maus e ridículos

Se tiver um cancro é obrigada a sofrer as consequências e não pode aborta-lo...
Também se tiver uma vida dentro de si tem a obrigação de se sacrificar para criar essa vida com amor e dar graças a Deus não ser um cancro do qual não se pode libertar e lhe vai sugar a própria vida, em vez de aludir argumentos egoístas e malvados e tirar a vida do feto para poder continuar a fingir que os faz só para gozar e ter prazer...
Abram os olhos todos os malvados declarados do “sim à morte e ao egoísmo”

eles dizem:
-sim ao sexo nos vãos de escada sem higiene
-sim ao sexo no automóvel a seguir ao passeio
-sim ao sexo a seguir à discoteca
-sim ao sexo em relações adulteras
-sim ao sexo antes do casamento
-sim ao perigo de doenças transmissíveis sexualmente
-sim aos projectos do liceu e faculdade
-NÃO AO SACRIFÍCIO PARA CRIAR UMA CRIANÇA

Será que eles como sendo gente tão cega e de coração de pedra
também nasceram de uma situação precária que os transformou no que são hoje?
ou será que se transformaram em pessoas assim pela ricas vidas que tiveram
resultado de fecharem os olhos a tudo e a todos egoisticamente…

Deixem nascer as crianças, antes ter uma mãe novinha ou pobre, do que uma rica
que só pensa nela própria e nos seus mesquinhos projectos…

NÓS DIZEMOS:
-NÃO ao sexo nos vãos de escada sem higiene
-NÃO ao sexo no automóvel a seguir ao passeio
-NÃO ao sexo a seguir à discoteca
-NÃO ao sexo em relações adulteras
-NÃO ao sexo antes do casamento
-NÃO ao perigo de doenças transmissíveis sexualmente
-NÃO aos projectos do liceu e faculdade SE DEPENDEREM DA VIDA QUE ESTÁ PARA NASCER
-SIM AO SACRIFÍCIO PARA CRIAR UMA CRIANÇA

A VIDA JÁ MOSTROU A TODOS QUE HÁ COISAS QUE NÃO PODEMOS ESCOLHER, MUITAS VEZES
MESMO PERANTE TODOS OS ESFORÇOS, AS COISAS QUE TANTO QUERIAMOS SE VÊEM DISTÂNTES DE NÓS PORQUE NÃO ESTÃO AO NOSSO ALCANCE, MESMO COM SACRIFICIOS…
MUITOS TERIAM SE ESSAS COISAS ESTIVESSEM À DISTÂNCIA DE UM ABORTO (NÃO DO NOSSO MAS DO DE UM FETO INDEFESO)
AS COISAS QUE ESTÃO AO NOSSO ALCANCE, COM UM SACRIFICIO, COMO POR EXEMPLO DEIXAR NASCER UMA VIDA, DEVERIAM SER BALAUSTRE NA NOSSA VIDA, PARA QUE A NOSSA VIDA NÃO SEJA SÓ DE SACRIFICIOS PARA COMPRAR CARROS, CASAS, FÉRIAS E ROUPAS, TER CÃES DE RAÇA E DEPOIS PARA CRIAR UMA CRIANÇA CONTINUA A SER NECESSÁRIO CONDIÇÕES DE LUXO QUE ALMEJAMOS…. PARA CRIAR UM FILHO JÁ SÃO NOVOS DEMAIS, NÃO TÊM TEMPO NEM DINHEIRO.
NA REALIDADE NÃO TÊM NADA… CRIAR UM FILHO HOJE EM DIA É MAIS UM DIVERTIMENTO QUE TEM QUE SER COM TODOS OS PLANEAMENTOS, SE O FILHO VIER FORA DESTAS CONDIÇÕES, JÁ NÃO É CONSIDERADO FILHO… É UM ABORTO.

DEPOIS NÃO DIGAM QUE AMAM OS FILHOS, PORQUE NA REALIDADE O QUE AMAM É ANDAR A PASSEAR O VOSSO “SUCESSO” PELAS RUAS DA MODA E PELAS CASAS DOS AMIGOS.

Uma vida é vida este ano ou no próximo, na barriga de uma prostituta ou de uma boa moça,
é vida se produto de uma noite e é vida se for produto do amor…
É sempre vida. Nós não temos o direito de decidir quando é vida ou não… isso já foi decidido no momento da concepção.
TENHAM FILHOS E PEÇAM AJUDA. A VIDA É QUE NOS DÁ FELICIDADE. VER NASCER UMA CRIANÇA NOS DÁ FELICIDADE. OU ACHAM QUE O QUE DÁ FELICIDADE É VER DEITAR NO CAIXOTE DO LIXO OS RESTOS DE UM FETO QUE ESTAVA DENTRO DE NÓS?
De Nuno Carvalho a 2 de Fevereiro de 2007 às 17:31
E viva á idade das trevas, e á época Vitoriana.
Todos nós estudamos a historia, na época em que a moral, era defendida ao extremo. Pelo menos a frente dos outros. Porque os maiores defensores da moral, eram os piores entre portas.
Eu respondo:

- SIM ao sexo nos vãos de escada com higiene
- SIM ao sexo no automóvel a seguir ao passeio
- SIM ao sexo a seguir à discoteca
- SIM ao sexo antes do casamento
- SIM ao preservativo para o perigo de doenças transmissíveis sexualmente
- SIM aos projectos do liceu e faculdade
- SIM á opção de escolha, dependente das convicções de cada um.

O sexo é bom e faz bem á saúde. Desde que feito com todas as precauções.
Não aos velhos do Restelo que ainda vivem na idade media. E que querem impor as suas convicções aos outros.
De francisco a 2 de Fevereiro de 2007 às 18:40
de facto ,junta-te as missinhas e a esses padres que durante tantos anos andaram a foder a mulher dos outros...é só bastardos e abortos como tu a circular...
De Patrícia a 6 de Fevereiro de 2007 às 16:00
A sua ignorância e estupidez assim como má formação não me surpreende, melhor suscita-me algumas questões, pois com tanto ódio em relação à igreja leva-me a pensar se não será o "senhor" um desses filhos bastardos de padres que por aí andam, ou se não será o "senhor" uma pessoa tão amargurada, infeliz, rejeitada , desinteressante que passa todos os dias da sua vida a desejar ter sido abortado.
É por pessoas como o "senhor" existirem que eu estou convencida que o sim faz tanta questão de liberalizarem o aborto

Passar bem
De Anónimo a 2 de Fevereiro de 2007 às 18:45
os defensores do não, são aqueles que vão pela ideia da igreja...se liberalizar-mos o aborto haverá muita mais segurança para as mulheres...porque se as molheres quiserem abortar,abortam com ou sem lei...certo!!!
De Mariana Duarte a 3 de Fevereiro de 2007 às 17:19
Eu nao li seu comentario ate ao final, por isso nao tenho direito de criticar. So vim dizer que nao li ate ao final porque nao consegui... Pode ate ser bom o que diz no fim (pode...) mas as entradas sao intragaveis.
De Religião a 31 de Janeiro de 2007 às 18:00
Seguir a palavra de Deus constrói vida e não a tira. Por isso é preciso falar em Deus quando se protege vida.
Quem não gosta de Deus é satanás , aquele que já não tem salvação possível , mas que de onde está ainda tem mais uns tempos a influenciar malvadeza e egoísmo na cabeça daqueles que irão com ele no dia final.
Vocês não gostam de Deus porque lhes fala de amor, não fala de matar mas sim de dar vida, fala de cedermos o nosso egoísmo pelo bem dos outros.
Gostam mais de ouvir falar daquele que proclama o egoísmo , a fé no egocentrismo, nos bens materiais e na realização pessoal...
Se já escolheram o vosso caminho não podem proibir os outros de falar a verdade e alertar os outros para se arrependerem, para não irem todos parar ao sitio que está destinado aos que usam na sua vida as caracteristicas de satanás
De luis v a 1 de Fevereiro de 2007 às 02:01
Mais um com a mania que é um mensageiro de deus.
De Pedro Gomes a 1 de Fevereiro de 2007 às 08:54
Já não é a primeira vez que lhe digo isto Sr. Luis v, aprenda a respeitar a opinião dos outros sem insultos, não post nenhum deste blog que o senhor não recorra ao insulto contra aqueles que não têm a sua opinião.
Primeiro cresça como homem e depois dê opiniões sobre assuntos sérios.
Em último lugar digo-lhe que quando falar de Deus lave a boca primeiro.
De luis v a 1 de Fevereiro de 2007 às 12:52
É preciso muita lata ó Pedro Gomes, vir acusar-me de faltar ao respeito a alguém que acabou de dizer que os apoiantes do "sim" usam as características de satanás. Ainda por cima logo o Pedro Gomes que acha que o "sim" quer a pena de morte. Vocês nasceram uns séculos atrasados, estavam bem enquadrados era na altura da inquisição.
De Pedro Gomes a 2 de Fevereiro de 2007 às 11:46
E pronto, nada a fazer.
É mais fácil insultar que discutir assuntos.

Saudações.
De luis v a 4 de Fevereiro de 2007 às 05:17
Seja honesto. Foi você que disse que o "sim" quer a pena de morte, não fui eu que lhe pus as palavras na boca. Foi você que se pôs ao lado do cruzado de deus, não fui eu que o associei a semelhante criatura. Assuma-se.

Se quer discutir os assuntos honestamente tem muitas threads em que se estão a desenvolver argumentos e em que eu estou a participar. Não venha com hipocrisias.
De Anónimo a 31 de Janeiro de 2007 às 20:56
Esta estratégia de deixar muitos espaços no texto é para que não se chegue a ler o que está por baixo?
Não vale a pena, que os argumentos contra os seus prosseguem...
De Mariana Duarte a 3 de Fevereiro de 2007 às 17:13
Finalmente um comentário de alguém lúcido e sem HIPOCRISIAS.
Está em causa se o aborto é um CRIME em termos jurídicos e os defensores do nao continuam a insistir que o aborto é um crime moral. Nem os defensores do SIM defendem o aborto meus senhores!
A questao é se devemos mandar uma mulher para a prisao (e por favor expliquem-me a incoerencia do "mas nenhuma mulher vai para a cadeia embora isso esteja previsto na lei" ; "nós nao quremos as mulheres na cadeia" ; entao por que nao votam SIM ? ) pela prática de aborto que, por ser isso mesmo e nao outra coisa, tem uma lei específica e a mulher que pratica aborto nao pratica um homícidio nem é julgada nos termos que é julgado quem comete o ultimo.
Aborto nao é homicidio. Ponto. Aborto deve ser crime?
Moralmente aborto nao é correcto. Até aí concordo. Pois bem,
é moralmente correcto você passar pela baixa portuense em época de saldos vendo toda a gente rir e comprar desenfreadamente passando INDIDERENTE pelo mendigo cujas pernas foram amputadas que IMPLORA por uma esmola seja LA PARA O QUE FOR, é moralmente correcto, é ? POIS NAO É CRIME, ou é ?
é moralmente correcto o patrão de uma empresa ganhar MILHOES, viajar pelo mundo fora, ter uma família numerosa que so lhe dá alegrias, dar uns TOSTOES para ajudar as crianças com cancro, enquanto ele mesmo é o causador do CANCRO FAMILIAR em que vive a maioria das familias portuguesas porque a desgraçada da operária que trabalha para ele chora todas as noites por trabalhar horas a fio para ganhar nem 400 EUROS por mes quando tem uma RENDA da sua MODESTA casa para pagar, fora todas as outras despesas e IMPOSTOS a que nao pode fugir ? É moralmente correcto ? POIS NAO É CRIME, ou é ?

Por favor, digam-me o que é MORAL neste mundo, digam-me ONDE está.

As 10 semanas sao RAZOAVEIS.
A mudança da lei é um passo em frente para resolver a questao do aborto, principalmente o aborto clandestino. A lei actual é uma VERGONHA perante a REALIDADE. É uma lei HIPÓCRITA e INDIFERENTE.

Claro que há mais fazer do que mudar a lei. Evitar que um aborto seja necessario na vida de uma mulher? Tanto melhor!
Isto nao INVALIDA que uma mulher tenha o direito de abortar até às 10 semanas.

SIM

PELO DIREITO DE TODOS A UMA VIDA DIGNA



De david gavela a 5 de Fevereiro de 2007 às 23:09
Claro que há mais fazer do que mudar a lei. Evitar que um aborto seja necessario na vida de uma mulher? Tanto melhor!
Isto nao INVALIDA que uma mulher tenha o direito de abortar até às 10 semanas???

Sinceramente, Srª mariana Duarte, então a srª vem falar em hipocrisia, e afirma que mesmo que com todos os esforços desenvolvidos se possa evitar que uma mulher aborte, que nasça mais uma criança, e que no entanto isso não INVALIDA que uma mulher tenha o direito de abortar até ás 10 semanas??? é que o que a srª advoga não é a resolução do problema, é que mesmo que todos façamos um esforço e ajudemos uma mulher a evitar um aborto e contribuemos para o bem estar social, a mulher ainda se poderá dar ao luxo de negar esta ajuda e abortar, mesmo com o problema reslovido pela via da ajuda? é incrível a barbaridade proposta!!! Por aqui se vê que as pessoas que defendem o sim não querem acabar com a humilhação das mulheres, querem mesmo é que se liberalize uma cultura de morte em Portugal, em que debaixo da capa duma falsa emancipação da mulher e dos seus direitos, e com toda a ajuda que várias associações lhe possam prestar para continuar uma gravidez, com medidas sociais, a mulher ainda possa ter o direito de escolher matar uma vida inocente que não tem forma de se defender a si própria, talvez porque a gravidez não seja planeada e/ou desejada a criança? pois que a dê para adopção! E não venham com as tretas do costume das crianças maltratadas nas instituições, porque a culpa disso é das pessoas que dirigem e que trabalham nessas instituições, como aconteceu na Casa Pia, e não das crianças, que deveriam ter recebido carinho e Amor, ao invés de serem molestadas sexualmente!!!! Só que é mais fácil resolver tudo com uma liberalização de uma cultura de morte do que mudar as nossas consciências e mudarmos o sistema decadente em que vivemos, não é????? E vem a senhora falar em Hipocrisia???? Tenha paciência!!!! Olhe primeiro para o que pode dar para contribuir para melhorar esta sociedade em vez de defender a morte!!!!
De anonimo a 4 de Fevereiro de 2007 às 01:57
por amor de deus !fundamentalismos não ! eu sou a favor do sim da despenalização do aborto até as 10 semanas o que não quer dizer que seja a favor do aborto em si ! todos nós sabemos que o aborto clandestino existe,todos nós sabemos que morrem milhares de mulheres devido a isso! eu não quero ver mulheres presas humilhadas num tribunal por terem abortado, eu não quero que morram mulheres devido a um aborto feito (ou mal feito) na clandestinidade, por não terem acompanhamento médico especializado,eu não quero viver num país onde a mulher seja vítima de uma sociedade hipocrata!(ainda por esses dias aparecerão defensores do não a pedir que seja retirada apilula do dia seguinte das farmacias por ser mais um aforma de aborto) a pergunta neste referendo é uma só e não há mais voltas a dar-lhe, é um sim ou não a DESPENALIZAÇÃO do aborto.Seja qual for a sua opinião o mais importante é não deixar de ir votar no referendo do dia 11 de fev.
De GIL a 4 de Fevereiro de 2007 às 14:25
De GIL a 1 de Fevereiro de 2007 às 00:58
Votar SIM, é deixar à mulher com todas as suas faculdades, decidir o que fazer da sua vida, do seu corpo, é deixa-la decidir em consciência. Votar NÃO, é impor uma vontade própria aos outros, é não permitir que a mulher decida em liberdade de consciência, sujeitando-se às decisões das vontades dos outros. Eu voto pelo SIM. Quem sou eu para decidir sobre esta ou aquela mulher?
O SIM não obriga ninguém a abortar.
O NÃO vai obrigar a mulher a não poder decidir.
GIL

Comentar post

.NÃO

-Reacção de Marques Mendes(SIC)

-Reacção de Ribeiro e Castro(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo Não(SIC)

.links