.SIM

-Reacção de José Sócrates(SIC)

-Reacção de Jerónimo de Sousa(SIC)

-Reacção de Francisco Louçã(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo SIM(SIC)

-Especial SIC
Últimas notícias
O Referendo nos Blogs

.posts recentes

. (sem assunto)

. ...

. Bom dia..

. ...

. apoio monetário

. ...

. despenalização do aborto

. Promulgação do Presidente...

. Vigarice

. concordo

.arquivos

. Novembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. aborto

. abstencao

. casal

. celulas

. choro

. condições

. coragem

. crianças

. crime

. debates; sic; aborto

. democracia

. deputados

. desabafo

. despenalizacao

. despenalização

. despenalizado

. despenalizar

. direito

. duvida

. escravatura

. espanha

. estado

. familia

. feto

. governo

. hipocrisia

. igreja

. infértil

. ivg

. jose policarpo

. justica

. legislacao

. menino

. moralista

. morte

. mulheres

. opiniões

. parlamento

. pena morte

. politicos

. portugueses

. ps

. referendo

. vergonha

. vida

. todas as tags

.subscrever feeds

Participe
Envie a sua mensagem para aqui.


Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

Onde chegaremos?

GOSTARIA QUE A MENTIRA DESCARADA DE SE DIZER IVG DESAPARECESSE.
QUE SE PASSASSE A CHAMAR SEMPRE ABORTO OU EVG=ELIMINAÇÃO VOLUNTÁRIA DA
GRAVIDEZ, O QUE É A VERDADE.

Será que quem votou SIM tem consciência de que está a dar o seu apoio a quem
vier a estar na eminência de querer abortar? Em vez de lhe dizer: "Contai
comigo! Posso ajudar-vos a respeitar esse ser a quem destes a vida!" Quem
disse SIM ficou conivente com a morte de todos os inocentes. Talvez as mães
os matassem na mesma, mas sabiam que nós, os seus semelhantes, queríamos a
vida dos seus filhos.

Mas o certo é que tenho que aceitar esta realidade: "Sou cidadã de um país
que passou a apoiar o assassínio de seres humanos, em vez de proibir o
assassínio!" Resta-me continuar a missão, mas vai ser mais difícil, de fazer
perceber que toda a vida humana, desde o momento da concepção, é
inviolável, como diz a Constituição Portuguesa.

Mas continuarei a passar esta mensagem: "Toda a pessoa humana tem muito
valor e a mãe e o pai são chamados a defender essa vida desde o 1º instante.
Quem não o fizer não se apresentará a julgamento neste mundo, mas no outro
não escapa."

O SNS vai passar credenciais para abortos em clinicas particulares
autorizadas?
Perdoar um mulher que foi fazer um aborto é humano.
Incentivar e oferecer abortos gratuitos é diabólico!
Esta sociedade está simplesmente podre!

Creio no entanto nos novos cristãos, talvez alguns até tenham votado SIM
julgando que desse modo defendiam a vida, julgando que por aconselhamento os
abortos diminuiriam.

Creio ainda que o povo português que hoje votou SIM votará esmagadoramente
NÃO se os abortos a pedido aumentarem, se a saúde pública ficar bem pior. Se
continuar a haver mulheres a "ir ao vão da escada". Mas SERÁ POSSÌVEL VOLTAR
ATRÁS????
publicado por comunidade às 00:19

link do post | favorito
De Mariazinha da Silva a 12 de Fevereiro de 2007 às 16:57
Votei Sim e mil vezes o faria se a tanto fosse obrigada. E porquê? Porque se bem entendi pelo que li aqui, alguns portugueses não entenderam o que é que se pretendia com esta votação. Pretendia-se a DESPENALIZAÇÃO DO ABORTO até às dez semanas, para quem não foi ao dicionário procurar o significado da palavra, direi: Para que nenhuma mulher se sentasse no banco de um Tribunal por ter praticado esse acto, assumindo sózinha uma culpa(?) que é dos dois, nessa altura o dono do "espermatozóide" desaparece da circulação com o "dito" entre as pernas não assumindo nunca a sua responsabilidade.
De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2007 às 17:07
Sim... isso seria a despenalização (não ter pena de prisão), mas o Sr. Ministro da Saúde pretende liberalizar, promovendo o aborto quando faz acordos com clínicas espanholas e disponibilizando hospitais e verbas para a realização dos tais abortos. E isso é liberalizar!
Além do mais, este governo está a pôr em prática várias leis que desfavorecem as mulheres "obrigando-as" a abortar!
Como é o caso do fecho de maternidades, de leis laborais que não abonam em favor da mulher e muito menos da mulher grávida, entre muitas outras!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.NÃO

-Reacção de Marques Mendes(SIC)

-Reacção de Ribeiro e Castro(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo Não(SIC)

.links