.SIM

-Reacção de José Sócrates(SIC)

-Reacção de Jerónimo de Sousa(SIC)

-Reacção de Francisco Louçã(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo SIM(SIC)

-Especial SIC
Últimas notícias
O Referendo nos Blogs

.posts recentes

. (sem assunto)

. ...

. Bom dia..

. ...

. apoio monetário

. ...

. despenalização do aborto

. Promulgação do Presidente...

. Vigarice

. concordo

.arquivos

. Novembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. aborto

. abstencao

. casal

. celulas

. choro

. condições

. coragem

. crianças

. crime

. debates; sic; aborto

. democracia

. deputados

. desabafo

. despenalizacao

. despenalização

. despenalizado

. despenalizar

. direito

. duvida

. escravatura

. espanha

. estado

. familia

. feto

. governo

. hipocrisia

. igreja

. infértil

. ivg

. jose policarpo

. justica

. legislacao

. menino

. moralista

. morte

. mulheres

. opiniões

. parlamento

. pena morte

. politicos

. portugueses

. ps

. referendo

. vergonha

. vida

. todas as tags

.subscrever feeds

Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

Despenalização do Aborto Sim - Aborto Não

A mim parece-me que há alguma dificuldade em perceber o verdadeiro
sentido da questão.

Somos um país que quer parecer democrático mas não é, quer parecer
liberal mas não é, quer ser evoluido e civilizado e está muito longe
de o ser, pelo menos a nível de mentalidades.
Não podemos ser egoistas e hipocritas desta maneira, para ignorar este
problema de saúde pública que se está a passar à nossa volta, com
desconhecidos, conhecidos, vizinhos, amigos, familiares ou mesmo até
connosco.
É importante, dar condições a quem tem que praticar um aborto, opção
de escolha. Neste momento não há opção. Ou se faz um aborto em
péssimas condições ou se faz um aborto em más condições. E ainda é
condenada por fazê-lo.

Se me perguntarem se sou a favor do Aborto, respondo com um NÃO
seguro. Mas ao ser questionada se sou a favor da despenalização do
aborto, respondo com um SIM firme. Eu nunca praticaria este acto, mas
não posso ser hipocrita ao ponto de ignorar a sociedade que me rodeia
e onde os meus filhos irão crescer.

Para finalizar, a despenalização do aborto, não vai obrigar ninguém a
praticá-lo.

M. cumprimentos,
Cristina Martinho
publicado por comunidade às 11:54

link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Zé da Burra a 22 de Dezembro de 2006 às 15:12
Cristina Martinho
Concordo consigo! Assim está bem!
Feliz Natal pra você!
De johnny a 22 de Dezembro de 2006 às 15:29
love u Chris ;)
feliz natal tb :P
De Filipa Pinheiro a 23 de Dezembro de 2006 às 15:20
mas então que pais irá ser este se o IVG for em frente?portugal ainda n tem condições para isto, quando mihares de jovens usam a pilula do dia seguinte como metodo contraceptivo.há inumeros metodos contraceptivos os jovens n se protegem pq?falta de informação não é!falta de responsabilidade talvez.
De Zé da Burra a 27 de Dezembro de 2006 às 17:36
O IVG/Aborto não é um método contraceptivo, mas uma última instância de recurso, do género de Supremos Tribunal a que se acorre como solução de desespero final. Defendo, por isso, que seja pago, salvo excepções... E ficará bem mais caro do que qualquer método contraceptivo.

Já calculou o mal que faria à saúde da mulher que abortasse a torto e a direito, porque, se não quizesse ter mais filhos e tivesse uma vida sexual normal, teria que o fazer regularmente. Não era este mês ara daqui a dois ou três... Não seja tola!

Eu não desejaria casar com uma mulher assim tão fundamentalista, a não ser que você tivesse meios económicos para dar a todos um futuro condigno. Eu não desejaria fazer como algumas raças que não se preocupam em preparar um futuro prá sua descendência, que até abandona cedo a escola.

O que acontece normalmente é dizerem que não os fazem e fazê-los ÀS ESCONDIDAS, SEM QUE NINGUÉM SAIBA!


De Cristina Martinho a 28 de Dezembro de 2006 às 23:55
Este tipo de comentário é próprio de uma pessoa que não tem a mínima noção do que é uma família típica portuguesa, classe baixa. Estas questões e outras são muito mais complicadas, não são assim tão lineares. São pessoas que infelizmente, não tiveram acesso à educação e informação que se calhar a Filipa teve. Não tiveram uma infância saudável, ao contrário, traumática e dura. Situações como o pai que viola a filha, toda a gente sabe e é normal, a filha com 10 anos que se prostituí, toda a gente sabe e é normal... A mãe que traí com o cunhado, o pai sabe e é normal. Não é falta de esperteza é uma questão de mentalidade que já vem de pais para filhos. Esta é a realidade de centenas de famílias portuguesas de norte a sul do país.
O aborto legalizado, não será método contraceptivo. Quem optar por praticar este acto, será devidamente acompanhado e observado.
Deixemos as moralidades de parte, cada um sabe o que é melhor para si, neste país democrático e que de "pós-25 de Abril" tem pouco, conforme eu quero ser livre para exprimir esta minha opinião, quero que todos sejam livres para decidirem o que querem fazer com a sua própria vida.
De vanocas a 28 de Dezembro de 2006 às 11:36
concordo... dera todos pensarem assim..

Comentar post

.NÃO

-Reacção de Marques Mendes(SIC)

-Reacção de Ribeiro e Castro(SIC)

-Reacção de Movimentos pelo Não(SIC)

.links